Fale Conosco

(47)3025-5467

Gestão pública: diagnóstico municipal é conhecer para transformar com eficiência

31.08.2017 por Painel Pesquisas

*artigo por Ermelinda Maria Uber Januário, economista; Fátima Mottin, estatística; Maria Helena Provenzano, administradora;

A construção de uma sociedade desenvolvida, mais justa e com maior bem-estar para sua população, acontece imprescindivelmente através de um bom planejamento nas diferentes alçadas de atuação do setor público. Uma boa gestão municipal, por exemplo, deve dispor de meios e recursos que assegurem sua governabilidade, prestação de serviços e atuação técnica adequadas para a construção de um projeto coerente e voltado às reais necessidades das pessoas que necessitam do setor público.

Como fazer isso? Inicialmente, é preciso compreender que em cada cidade, há um volume significativo de dados sobre diferentes aspectos sociais, econômicos e ambientais que refletem a realidade daquela população em específico. Estes dados, distintos em cada município, precisam ser tratados adequadamente para transformar-se em informação útil para orientar a gestão municipal na implementação efetiva e acompanhamento de políticas públicas, projetos adequados e programas sociais. Entretanto, isso só será possível se forem desencadeados processos permanentes e qualificados de diagnóstico e planejamento, que possam fundamentar propostas de ação necessárias e consistentes.

Diagnósticos qualificados revelarão as peculiaridades, problemas e potencialidades de cada município, possibilitando o apontamento das prioridades de cada área diagnosticada e vão permitir mobilizar forças e recursos necessários para o programa ou projeto que vai propiciar a melhoria das condições de vida da população.

O diagnóstico é um processo contínuo de descoberta da realidade. É um trabalho técnico que deve ser realizado por empresas e ou profissionais multissetoriais devidamente qualificados e com experiência na elaboração das etapas necessárias.

Em tempos onde a sociedade está cada vez mais exigente com o poder público e a administração pública, um gestor que se proponha a administrar com eficiência precisa ser criterioso e garantir transparência na aplicação dos recursos públicos. A realização de diagnóstico municipal setorial é o instrumento técnico viável para conhecer a realidade e transformar com eficiência utilizando metodologias apropriadas para cada necessidade.

É preciso compreender que não é possível resolver um problema, sem antes identificá-lo. E, mais do que levantar informações, é necessário saber o que fazer com elas! Os diagnósticos não servem apenas como instrumento de gestão para prefeitos e governantes, mas para cada um de nós! Conhecendo a realidade à nossa volta, saberemos de que forma contribuir para transformá-la.

 

ANTERIOR PRÓXIMA

/